"Ninguém educa ninguém. ninguem educa
a si mesmo, os homens se educam entre si,
mediatizadas pelo mundo."
Paulo Freire

18/12/2020 13:07 - FETEMS solicita ao Governo do Estado prioridade de vacina a Professor(a) e Trabalhadores(as) Administrativos

A FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) protocolou ofício para o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul (Casa Civil, Governador Reinaldo Azambuja, Secretaria do Estado de Educação e Secretaria de Estado de Saúde) solicitando a prioridade de vacina a Professor(a) e Trabalhadores(as) Administrativos em Educação.

“Somos conscientes que a prioridade são idosos e profissionais de saúde, mas a crise educacional causada pela pandemia tem feito com que os(as) Professores e Trabalhadores(as) Administrativos em Educação sejam apontados como prioridade, pois o Ano Letivo terá início em fevereiro e precisam voltar para que as escolas funcionem normalmente. Caso os(as) Profissionais em Educação não sejam prioridade, teremos um enorme abandono de alunos nas aulas presenciais e déficit de aprendizagem”, enfatiza o Presidente da FETEMS, Professor Jaime Teixeira.

Na programação do Ministério da Saúde, que foi entregue sexta-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF), os(as) professores(as) de ensino básico e superior entrariam na quarta fase da campanha.

Entre os principais objetivos da imunização para covid, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), estão a redução de mortes e a continuidade dos serviços essenciais em um país. A OMS não fez um ranking sobre quais grupos devem ser vacinados antes. Só listou prioridades: idosos, pessoas com comorbidade, as que vivem em residência de longa duração, trabalhadores da saúde e da indústria alimentícia, professores, policiais, motoristas de transporte público, líderes governamentais.

Assessoria